Segunda 21 Agosto 2017
Portuguese English Spanish

Mapa da Região

Atrativos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

São Jorge

Nas primeiras décadas deste século, o povoamento da Chapada dos Veadeiros deu-se em função da exploração das jazidas de cristal de rocha, notadamente no povoado de São Jorge – antigamente denominado Baixa dos Veadeiros, que já teve ate pista de pouso. A Vila teve origem com a descoberta do Garimpão, uma das primeiras jazidas de cristal da região. 

No início da década de 50, por não gostarem do nome Baixa dos Veadeiros, o garimpeiro Zequita, manda trazer uma imagem do santo guerreiro e a comunidade adota o nome de São Jorge e faz a primeira festa no dia 23 de abril de 1952, data em que o povoado comemora seu aniversário. Hoje São Jorge é um povoado com cerca de 600 habitantes e 200 casas encostadas no Parque Nacional e vive basicamente do turismo.

A nossa vila dispõem de uma grande variedade de restaurantes, pizzarias e lanchonetes. Também se encontram muitas lojinhas de cristais e lembranças da vila, de camisetas a adesivos. Baladas em São Jorge somente em feriados ou finais de semanas com muito fluxo de turistas.

Na Vila de São Jorge não se encontram posto de gasolina, agências bancárias ou caixas eletrônicos e hospital, apenas um postinho de saúde onde se encontra uma ambulância para servir a comunidade e seus visitantes.

O Parque Nacional

A criação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em 1961, representou para a população da vila uma mudança de comportamento, com um grande impacto cultural sobre a população local.

Sítio Natural do Patrimônio da Humanidade, título concedido pela Unesco, possui uma área de 65 mil hectares. O Parque é uma das regiões de maior diversidade de plantas medicinais, frutos saborosos, flores delicadas e uma fauna exuberante, sendo que algumas espécies endêmicas.O objetivo do Parque Nacional é garantir a proteção integral da fauna e da flora silvestres, dos solos, das águas e das belezas cênicas, para fins científicos, culturais, educacionais e recreativos.

A entrada no Parque, hoje é gratuita e fica a opção do turista o acompanhamento de um guia turístico, garantindo assim uma maior segurança. Antes de entrar no Parque sem um guia o visitante deve assistir a um vídeo de 5 minutos no Centro de Visitantes, entrada do Parque.

 

Localizado nos municípios de Cavalcante, Terezina de Goiás e Alto Paraíso, com acesso pelo povoado de São Jorge, o Parque nos presenteia o Rio Preto, com seus maiores saltos (80 e 120m), Corredeiras, Cânion I e II, cachoeira das Carioquinhas (atrativos imperdíveis), e com uma exposição permanente da flora na região, tornando-se um dos principais destinos ecoturísticos do Brasil.

Chapada dos Veadeiros

Localizada no norte do estado de Goiás, em pleno domínio dos cerrados, a Chapada dos Veadeiros é o divisor de águas da bacia dos rios Maranhão e Paranã, afluentes mais altos do Rio Tocantins, portanto, já na Bacia Amazônica. A Chapada dos Veadeiros é hoje conhecida pelos ecologistas como berço das águas.

 O clima da Chapada é marcado por uma forte divisão entre época de seca e chuva - é quente, semi-árido, semitropical de altitude, com regime de verões chuvosos e invernos secos. As chuvas iniciam-se em outubro, atingindo o máximo em novembro e dezembro, o mínimo no trimestre junho-julho-agosto.

Fazem parte da Chapada os municípios: Alto Paraíso de Goiás (onde fica localizada Vila de São Jorge), Cavalcante, Terezina de Goiás, Colinas do sul, Nova Roma, São João da Aliança, todos no estado de Goiás.

Mais artigos...

  1. Dicas